Blog

18/10/2018
Por Samara Oda
Médico Abib Maldaun explica a dieta mediterrânea

Médico Abib Maldaun explica a dieta mediterrânea

O médico Abib Maldaun traz a dieta mediterrânea. Ela é baseada na alimentação dos países banhados pelo Mar Mediterrâneo e ficou muito conhecida. Por isso, o médico Abib Maldaun Neto irá contar um pouco sobre ela, suas vantagens e desvantagens.

Pela fama por ser considerada uma das mais saudáveis pelo coração, o HCor até criou uma dieta inspirada por ela. Essa dieta foi chamada de dieta cardioprotetora brasileira e teve parceria com o Ministério da Saúde.

Na versão brasileira houve substituição de salmão por sardinha e alimentos como tapioca e milho foram inclusos. Ou seja, se preocuparam em utilizar produtos baratos e facilmente encontrados no Brasil.

 

 Médico Abib Maldaun fala sobre a dieta mediterrânea

Médico Abib Maldaun - dieta mediterrânea

Baseando em aumentar o consumo de alimentos naturais e evitar os industrializados, o médico Abib Maldaun apresenta um cardápio com grupos alimentares típicos da região e não tem muitas regras para o consumo dos macronutrientes.

Os alimentos permitidos são:

  • Peixes (fonte de ômega 3)
  • Azeite de oliva (aumento do HDL – colesterol bom)
  • Vinho tinto (alta quantidade de antioxidantes)
  • Leite e derivados (fontes de cálcio)
  • Cereais (fontes de carboidratos)
  • Oleaginosas (ajudam a reduzir o colesterol)
  • Leguminosas (diminuição do LDL – colesterol ruim)
  • Frutas e hortaliças (grandes quantidades de vitaminas e minerais)

Portanto, pode abusar desses alimentos quando for montar o menu da sua dieta.

Por outro lado, para o médico Abib Maldaun, é preciso que seja evitado o consumo de carne vermelha. Assim será reduzido em 11% o risco de doenças cardiovasculares.

Vantagens e desvantagens:

Através da alimentação mais saudável adquirida com a dieta mediterrânea, ocorre o aumento da longevidade. Desse modo, diminui o risco de doenças crônicas transmissíveis, câncer, diabetes, derrames e doenças cardíacas.

A desvantagem é que o consumo do vinho deve ser sempre moderado, caso contrário ele trará malefícios. Além disso, o consumo deve ser assistido e orientado por um profissional.

 

Gostou da saber mais sobre a dieta mediterrânea?

Caso você tenha se interessado e queira fazer, entre em contato com o médico Abib Maldaun e agende uma consulta. Assim, você terá maior efetividade e aproveitamento da dieta!