Blog

13/09/2018
Por Marcel Ahless
Dr. Abib fala quando é necessário o tratamento ortomolecular

Dr. Abib fala quando é necessário o tratamento ortomolecular

Mais uma superdica do dr. Abib, que é um especialista em tratamento ortomolecular e nutrologia. No texto de hoje o dr. Abib vai apresentar quando é necessário o tratamento ortomolecular para pacientes.

Isso porque o foco é equilibrar o organismo em seu pleno funcionamento e melhorar ao máximo a função fisiológica. Dessa forma, o tratamento equilibra o processo fisiológico, sem uso de medicamentos agressivos.

O processo ortomolecular evita que os medicamentos sejam inseridos no tratamento, sendo alterado para substâncias orgânicas, como

  • vitaminas – o uso da vitamina B12, contra a anemia, e vitamina D, contra raquitismo;

  • enzimas – a aplicação de enzimas podem ser usadas para o tratamento de emagrecimento;

  • antioxidante – o organismo não produz vitaminas, portanto, ela deve ser obtida pela dieta com alguns alimentos antioxidantes.

 

Dr. Abib diz quando é necessário o tratamento ortomolecular

Sem que o paciente precisa de um tratamento que auxilia na dieta, seja para emagrecimento ou para uma qualidade de vida (sendo que a pessoa já é magra, mas não tem uma boa alimentação).

O dr. Abib orienta que cada paciente precisa de um tratamento diferente. Isso depende do momento em que o paciente está, vista na avaliação.

O tratamento é sempre recomendado para qualquer idade, e sempre quando for necessário eliminar os radicais livres. Esses radicais livres são responsáveis por surgir doenças, como

  • câncer;

  • artrite;
  • doenças inflamatórias.

Além dessas, muitas outras doenças agressivas surgem por causa dos radicais livres, e é antes delas, na verdade, que o paciente deve iniciar o tratamento ortomolecular.

 

Mais dicas sobre saúde e tratamento ortomolecular vêm por aí.

Fiquem de olho nos próximos posts aqui do blog, pois o dr. Abib fará uma série de conteúdo para responder os questionamentos de pacientes e leitores do site.

Deixe um comentário abaixo e compartilhe este texto em suas redes sociais. Em breve teremos mais dicas.

Comentar