Blog

13/09/2018
Por Marcel Ahless
Doutor Abib Maldaun Neto sobre os riscos de uma má alimentação

Doutor Abib Maldaun Neto sobre os riscos de uma má alimentação

 

O doutor Abib Maldaun Neto traz alguns alertas para quem tem uma vida agitada e não cuida da alimentação. Em uma cidade, como São Paulo, o tempo é algo primordial para conseguir concluir todas as tarefas do dia a dia.

Viver e trabalhar em uma metrópole exige que se tenha cuidados com a saúde, pois todos estão sujeitos a alguma doença; seja por estresse ou má alimentação.

Se alguém passa por estresse, sendo ação externa do dia a dia, o organismo libera os conhecidos radicais livres. Eles são moléculas apresentam elétrons tóxicos ao nosso organismo, e tornam-se prejudiciais ao bom funcionamento do nosso corpo.

 

Doutor Abib Maldaun Neto especifica o que é considerado uma má alimentação

Nem sempre a alimentação é considerada de baixa qualidade quando alguém ingere comida gordurosa e outras com sódio, como

  • salsicha;

  • linguiça;

  • presunto;

  • salame.

Além de esses alimentos serem prejudiciais a quem sofre de alergias e crises estomacais, eles têm substâncias potencialmente cancerígenas.

Enfim, os alimentos acima não são eles apenas considerados ruins. O doutor Abib diz que o excesso de alimento, mesmo considerado saudável, é considerado má alimentação.

 

O alerta

Alimentar-se bem é uma conduta que está associada ao bom senso das pessoas. Uma cidade agitada, como São Paulo, exige que todos procurem melhorar a saúde e a qualidade de vida.

Cada um deve saber seus limites, e saber se é necessário alimentar-se de 3 em 3 horas ou de 6 em 6. Isso vai depender também da qualidade dos alimentos ingeridos.

doutor abib maldaun neto falando

De qualquer forma, é imprescindível que procurem um profissional da saúde para orientar da melhor forma. Um planejamento de uma dieta que potencialize os processos para o emagrecimento está entre as condutas da boa alimentação.

O vinho é considerado um álcool bom para o organismo e que ajuda no emagrecimento. Por exemplo: as substâncias da uva evitam que os radicais livres se formem no organismo. Dessa forma, eliminando os radicias livres, é já a contribuição para emagrecer.

 

Saiba mais em minhas redes sociais e deixe um comentário abaixo.

Comentar